O Homem e o macaco


O Homem
descendente do macaco?


Confundimos muitas vezes duas questões: “Quem é o Homem ?” “Como é que o Homem surgiu na História do mundo?”. A paleontologia e diversas ciências podem propor-nos algumas indicações para a história do aparecimento do Homem no vasto paineI da evolução. Mas estas ciências deixam sem resposta questões que as ultrapassam: “Por que o Homem como produto final ?”, “Quem é o Homem ?”


O desenrolar da evolução

 Imaginando que a resposta a estas questões se encontra nos nossos antepassados, um certo número de pessoas estão ainda aterrorizadas pela idéia de que o homem descende do macaco. Ora o macaco não é o antepassado do homem, mas antes um primo subdesenvolvido muito antigo. A linha dos Hominídeos – de que o Homem é originário – e a linha dos macacos provêm ambas dos primatas. Assim, seria preferível dizer que o Homem descende do animal, mas que beneficiou claramente melhor vitaminas e fósforo que o golfinho ou o gorila que não acompanharam o desenrolar da evolução!

Quem sou eu?

 Alguns temem, outros afirmam que o parentesco do Homem com o Reino Animal negaria o fato de Deus o ter criado. Poder-se-ia responder dizendo que a Bíblia – no seu primeiro livro, o Gênesis propõe uma tese evolutiva ainda mais radical do que a que faz descender o Homem do macaco, visto que aí o Homem é tido como “descendente da terra”
Mas na realidade, não é isso que está em causa. O que Deus convida a meditar através destas narrativas antigas da Bíblia (bem anteriores a todas as descrições científicas), reside nestas perguntas: quem é o Homem, afinal de contas? Por que razão o Homem foi criado? Quem o chama e para onde é que ele vai? “Deus criou o Homem à Sua imagem … homem e mulher os criou. Abençôou-os” (Gn 1,27). É interessante saber que se colocarmos a Deus a questão: “Quem é o Homem?” Ele nos responde: “É semelhante a mim!” Mas se perguntarmos ao Homem: “Quem és tu?”, que poderia ele dizer de si próprio?

 Pela sua biologia, o homem percebe que é quase completamente animal; pela sua fisiologia sente-se próximo deles; mas pelo seu patrimônio genético, ele é especificamente diferente.

 No entanto, o homem é radicalmente diferente do animal pela sua inteligência. E mais do que a inteligência em si e do que a multiplicidade das suas capacidades, o homem possui algo de único no mundo: é o único ser do universo capaz de reflexão sobre si próprio. Só ele pode colocar a questão: “Quem sou eu?”
Ele tem a capacidade de juízo, de percepção do que os outros fazem de bem ou de mal. Ele julga em si mesmo o bem ou o mal que realiza.
Pelas suas tentativas mais ou menos perfeitas de definir a justiça nas relações e o que chamamos “os direitos do homem”, o Homem manifesta também na sua própria consciência que possui uma dignidade, um direito à vida, uma exigência de respeito pelo próprio fato de pertencer à espécie humana.

Mas, para saber verdadeiramente quem é o Homem, coloca-se agora a questão: Por que foi criado? Isto é: “Para onde vai o Homem?”.


Fonte: http://www.1000questions.net/pt/50q/50q20-pt.html

Anúncios

Sobre Juliana Souza
Relações Públicas, inglês/espanhol/italiano, estudante de Comércio Exterior *-* Amante da leitura e do cinema!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: